Quarentena e diversão em casa

11 brincadeiras para fazer com as crianças

A quarentena traz alguns desafios. Com a suspensão das aulas e com a intensa presença das crianças em casa, muitas pessoas estão pesquisando sobre o assunto internet. Afinal, entreter as crianças por um longo período sem que elas pareçam de férias, não é fácil.

Há, nesse contexto, uma situação perigosa se aproximando: as brincadeiras de estímulos a criatividade podem ficar restritos apenas aos smartphones e tablets, principalmente com demandas como o home office. Por isso, trouxemos algumas sugestões que desenvolvam aprendizados e estreitem os laços familiares, claro, com muita diversão. As emoções das crianças estão diretamente ligadas a imaginação, vamos conferir:

“Alerta!”

Uma pessoa é escolhida para ser o pegador. Ele deve gritar “alerta cor!” e todos perguntam “que cor?”. O pegador escolhe uma cor e todos deverão encostar em algo que possua a cor correspondente para não serem pegos. 

Bolhas de sabão

Recipientes recicláveis podem ser os recipientes com detergente e água e as formas circulares para fazer as bolhas, como o arame. Para as bolhas não estourarem rapidamente, o segredo é uma colher de glicerina. Depois, é só diversão!

Casinha 

Crianças costumam gostar de imaginarem-se adultas, em outros papéis sociais. Assim, vocês podem inverter os papéis da casa, incorporando quem será a mão, a avó, a tia, o primo, o pai. 

Imaginação e reciclagem

Nessa brincadeira a criatividade comanda! Nela, caixas de papelão podem tornar-se foguete espacial, revista velha pode transformar-se em lindos coqueiros ou barcos e não há limites para a imaginação.

Massinha

Mexer com massinha é uma atividade de agrada muitas crianças. Fazer em casa pode se tornar ainda mais interessante. Para isso, é necessário apenas corantes alimentícios, três colheres de óleo, uma xícara e meia de água, quatro xícaras de farinha de trigo e uma xícara de sal. Misturando tudo, vocês podem dar origem a inúmeras formas!

O clássico “Stop!”

Nome, cor, frutas, animais, cidades etc. são muitas as possibilidades de categorias que a família deve criar. A seguir, todos devem escolher uma letra e preencher as categorias com palavras que comecem com ela. O primeiro a completar fala “Stop!” e todos devem parar de preencher. Dividir a família em equipes pode tornar tudo ainda mais divertido.

Objetos no lugar

O objetivo dessa brincadeira é treinar a memória. Devem ser escolhidos dez objetos. A criança deve observá-los por um tempo estipulado anteriormente. Em seguida, você deve retirar um, ou mudá-los de posição. Essa ação pode ser feita isoladamente ou em um cômodo inteiro. E aí, quem é bom de memória?

Piquenique

Simples e divertido! O clássico piquenique pode ser feito em qualquer momento do dia. No quintal, na garagem, na sala. O cardápio pode ser escolhido coletivamente e conter gostosuras feitas pela família.

Passa anel

Outro clássico. Um jogador deve passar as mãos com um anel das mãos de todos os jogadores. Porém, ele deixará o anel em uma das mãos sem que ninguém perceba. Depois disso, deve escolher alguém para perguntar com quem está o anel. Se a pessoa acertar, invertem-se os papéis.

Pisar na linha

As texturas e marcações que já existem no espaço podem ser motivo de diversão. Brincadeiras como “siga o líder” ou “não pise na linha” podem desafiar o equilíbrio e concentração dos jogadores, enquanto a criatividade reinar.

Um, dois, três, ação!

Nesse jogo de mímica, os jogadores escrevem em tiras de papel nome de atores, atrizes, ação e filmes. Em seguida, a família deve ser dividida em grupos. Uma pessoa de cada equipe deve gesticular para que adivinhem qual o papel que tirou, sem emitir sons ou falar.