A música como aliada

na recuperação motora e cognitiva de pacientes

A música tem o poder de transformar o estado de espírito das pessoas. Sempre que ouvimos nossas músicas preferidas somos transformados e nosso humor muda. A melodia, harmonia e ritmo nos afetam e podem até mudar nossa saúde. O campo que trata e reabilita problemas de saúde por meio da música é denominado de musicoterapia.

Essa técnica utiliza as experiências musicais que surgem do encontro entre musicoterapeutas profissionais e as pessoas assistidas. As habilidades motoras e cognitivas dos pacientes podem ser ampliadas por meio dessas técnicas e as deficiências do sistema motor ou cognitivo, adquiridos ou resultantes de alguma patologia, podem ser mitigadas.

Essas técnicas têm auxiliado na reabilitação em casos de Mal de Parkinson, paralisia cerebral, mielomeningocele, lesão cefálica adquirida, lesão medular, casos de AVC, deficiências auditivas e visuais, tumores ou traumatismos, além de doenças neuromusculares ou degenerativas. Os musicoterapeutas trabalham com métodos e técnicas ativas onde o paciente toca instrumentos musicais, canta, dança e compõe. Os pacientes se beneficiam muito dos estímulos neurológicos proporcionados pela música.

Os procedimentos fazem parte de um tratamento multidisciplinar. O paciente é acompanhado por um grupo de profissionais de diversas áreas e chega até a musicoterapia, normalmente, encaminhado por algum especialista.